Arquivo da categoria: opinião

Comportamento dos japoneses perante a Tragédia

Ola, em todos os videos que eu assisti  sobre a tragédia que aconteceu no Japão no dia 11 de março,nenhum deles mostrou um  japonês em desespero.Diante daquele cenario de destruição de casas,e aquele horror não ouvi japoneses gritando,se jogando pela janela ou algum comportamento escandaloso,as crianças todas juntas  e COMPORTADAS.Muito diferente do que se vê  por,  para nós, latinos, seria “normal” que houvessem gritos desesperados, desmaios, saques, violências… Mas la não houve isso,muita gente acham que é um povo frio sem coração,mas na realidade eles são um povo evoluido,educado e  disciplinado  ,não precisam fazer escandalos pra demonstrar a dor que eles estão sentindo

Na verdade nós é que  temos que aprender com eles.

Reh Guedes.

Japão

Ola,leitores..e com pesar que hoje escrevo esse post  e com muita tristeza

sobre o tsunami , e os terremotos que atingiram tragicamente a terra do sol nascente, na ultima sexta  senão bastasse tudo isso houve ainda um vazamento de radiacão em uma usina nuclear  em Fukushima,

Segundo o 1° ministro do japão Naoto Kan,o japão vive a crise mais grave desde de a 2°guerra Mundial.

minhas condulencias para todos o brasileiros,e familias que perderam seus familiares no japão.Vamos rezar para que o Japão se  restabeleça novamente.  Por Reh.

A Rosa de Hiroshima

 Pensen nas Crianças

Mudas telepáticas

Pensem nas meninas

Cegas inexatas

Pensem nas mulheres

Rotas alteradas

Pensem nas feridas

Como rosas cálidas

Mas oh não se esqueçam

Da rosa da rosa

Da rosa de Hiroshima

A rosa hereditária

A rosa radioativa

Estúpida e inválida

A rosa com cirrose

A anti-rosa atômica

Sem cor sem perfume

Sem rosa sem nada

                                                            Vinícius de Moraes

Reflexão

Para refletir

Jamais, como em nossos dias tem sido preciso atender a palavra de Jesus. O mundo tem desvirtuado todo o sentido da Palavra Eterna, e seguir ao que ele nos sugere significa buscar a perda de nossas almas. E tudo começa pela subversão da palavra “amor”.
 
Segundo a mentalidade mundana – e imunda, do mundo “normal” de hoje – devemos amar tudo: Jesus amou, então devemos amar tudo e todos! Não importa o que façam, nem o que digam ou quem sejam! Devemos amar inclusive o erro e o pecado, devemos amar até se possível o Diabo! Que segundo o mundo – imundo – é bonzinho, ou nem existe!
 
Não devemos odiar nada, nem ninguém, nem o erro! Não podemos denunciar nada, nem o erro, nem o pecado, afinal isso não é ser caridoso. Mas é ético! Sim essa ética mundana que significa: moral dos corruptos! Não devemos denunciar os corruptos porque isso é antiético. É crime denunciar o pecador! É crime não amar o pecado! Temos de amar tudo!
 
Devemos amar a mãe assassina que mata o filho no ventre! Afinal a mulher é dona de seu corpo, e faz dele o que quer. Não podemos odiar seu ato maligno, afinal a liberdade é dela, não é? Matar uma criança pode, porque tem demais passando fome. Matar um pica-pau é crime, porque está em extinção! Então amemos o pica-pau, acima até dos filhos e filhas de Deus. Continuar lendo